sábado, 8 de novembro de 2014

Review "More Than Forever #4" - Jay McLean

My rating: 3 of 5 stars

Então, todo mundo amou esse livro. Eu não.

Eu não curto muito histórias com dramas extra forçados... E, aqui, eu achei que teve um exagero de drama que não me tocou. Eu lia e só pensava "Aff, totalmente desnecessário".

A história começa contando sobre uma Lucy e Cam crianças, quando a mãe de Lucy ainda estava viva, mas morrendo. Foi super fofo ver como o Cam desde novinho tinha um coração do tamanho do universo, e foi bonitinho ver como nasceu o relacionamento dos dois.

Com o tempo, eles vão para a faculdade e tudo começa a desmoronar, principalmente, por causa de uma garota chamada Roxy. Cam nunca fez nada de errado, ele nunca traiu Lucy, mas ele sempre estava no lugar errado, na hora errada, na posição errada quando se tratava de Lucy e Roxy no mesmo ambiente.

Lucy vai se sentindo cada vez mais insegura com seu relacionamento, pois Cam nunca tem tempo, ele parece estar se divertindo mais com Roxy e apenas usando Lucy para sexo.

Chega um momento em que a gota d'água derrama e um relacionamento tão bonito vai pelos ares. E quando, finalmente, tudo começa a melhorar novamente, um drama MOR acontece.

Sua mãe morrer, você se sentir insegura com seu namoro, seu namorado ter uma amiga mulher, seu relacionamento não dar certo... Isso tudo pode acontecer. Agora o drama MOR do livro é aquele drama que pode acontecer, SIM, na vida real, mas é muito mais provável que aconteça em uma novela mexicana ou um filme dramalhão (e claro, livros dramalhões).

Uma coisa que me incomodou também foi o clima da narrativa. Em todos os outros livros, quando o Cam e a Lucy apareciam, eu sentia que a narrativa elevava com uma alegria gigante, mas no livro desses dois personagens tão vivos o clima era de morte. Pareciam personagens que já tinham desistido e estavam só esperando o forever acontecer...

Outra coisa que não melhorou em NADA no clima é que a Lucy estava SEMPRE chorando. E quando eu digo SEMPRE, eu realmente quero dizer SEMPRE!!! Nunca vi uma personagem que chorasse TANTO!!!!!

Geralmente, quando eu leio um livro da Jay McLean, eu é que tenho que ter um kleenex por perto. Nesse livro, a Lucy é que tinha que ter.

Eu também senti falta dos personagens dos outros livros. Eles só entram mesmo na história pro final, assim, não mostrou muito como a Lucy entrou naquele grupinho de amigos-família. Ficou uma coisa meio jogada que ela só entrou lá porque era a namorada do Cameron.

Quando o Logan entra na história, aí sim, eu senti uma vida na narrativa.

Apesar disso tudo, eu reconheço que no livro houve momentos valiosos de caráter humano, que tocam lá no fundo da alma. E por isso, não dou menos de três estrelas.

Que venha no próximo a Heidi e o Dylan (assim espero)!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário